O GEIX tem caráter interinstitucional sendo composto por pesquisadoras e pesquisadores de diferentes universidades, brasileiras e estrangeiras, que problematizam a inclusão como imperativo de Estado, analisando as articulações entre as práticas de in/exclusão e a governamentalidade neoliberal.

“ Nem tudo é ruim, mas tudo é perigoso, o que não significa exatamente o mesmo que ruim. Se tudo é perigoso, então temos sempre algo a fazer. ” (FOUCAULT)

Histórico

    O Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e In/exclusão (GEIX/CNPq) foi criado no início do ano de 2012, pela professora Kamila Lockmann, que naquele momento ingressava como professora da Universidade Federal do Rio Grande –FURG.

    Na ocasião da sua criação, o grupo iniciou de forma tímida e com poucos participantes, todos eles alunos do Curso de Pedagogia desta mesma Universidade. A maioria desses estudantes vinculava-se ao grupo por ser bolsista de iniciação científica, trabalhando junto à pesquisa que estava em andamento na época. No transcorrer do tempo, esses alunos, foram concluindo seus cursos de graduação e ingressando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande. Concomitante a isto, outras pessoas — alunos de pós-graduação de outras universidades e professores da Educação Básica — começaram a se interessar pela temática e a frequentar nossos encontros de estudo.

    Atualmente o GEIX é um grupo interinstitucional que conta com a participação de pesquisadores de diferentes universidades e estabelece parcerias internacionais por meio de acordo de cooperação com a Universidad Pedagogica Nacional, de Bogotá, Colômbia. Além disso, participam do grupo mestrandos vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande (PPGEDU/FURG), doutorandas em Educação vinculadas a outras universidades, bolsistas de iniciação científica, professores da Educação Básica e demais alunos interessados em estudar a temática da in/exclusão.

    Destacamos que essa forma de trabalhar em rede é uma escolha ética. Optamos pela colaboração como um modo de resistência aos diversos produtivismos a que somos submetidos. Na esteira de pensamento de Richard Sennett, concordamos que “somos capazes de cooperar mais profundamente do que imagina a atual ordem social” (SENNET, 2013, p. 336).

Equipe

Líder

Kamila Lockmann - Lattes

Pesquisadores Integrantes

Alfredo José da Veiga-Neto - Lattes
Clarice Salete Traversini - Lattes
Daniela Medeiros de Azevedo Prates - Lattes
Madalena Klein - Lattes
Rejane Ramos Klein - Lattes
Rochele da Silva Santaiana - Lattes

Colaboradores Estrangeiros

David Andres Rubio Gaviria - Lattes
Dora Lilia Marín-Díaz - Lattes
Carlos Noguera-Ramirez - Lattes

Colaboradores

Andréa Maria Matias - Lattes
Camila Bottero Corrêa - Lattes
Emiliane Rodrigues Dominguez - Lattes
Guilherme Botelho Chagas - Lattes
Letícia Farias Caetano - Lattes
Rosimar Isidoro Machado - Lattes

Estudantes

Cilene de Oliveira Ortiz - Lattes
Gabriela Oliveira Santos - - Lattes
Nadine Silva dos Santos - Lattes
Priscila Oleto de Oliveira - Lattes
Pâmela Pereira de Bittencourt - Lattes

Técnico

Caio Gazzotti Mayboroda - Lattes

Produções do GEIX

Vídeos

Problematizações - Conexões entre Educação e Assistência Social

Seminário Especial Potências para pensar a Educação: poder, aprender, infância. Prof. Dr. Silvio Gallo (UNICAMP). Vídeos completos das 4 aulas (20 a 23 de maio de 2019).
Aula 1

Aula 2

Aula 3

Aula 4

Parceiros e Redes de Investigação

Parceiros

Foucault et ali – Site
GEPI – Grupo de Estudos e Pesquisa em Inclusão (UNISINOS) – Site
GPCC - Grupo de Estudos e Pesquisas em Currículo e Contemporaneidade (UFRGS)

Redes de Investigação

RIEPCO – Red de Investigación en Educación y Pensamiento Contemporáneo

Contato

Email - geix.furg@gmail.com

Twitter - @geix_furg

GEIX no CNPq

GEIX na FURG